Andréa Oligon

Release

A artista plástica Andréa Olighon é carioca, nascida em 1970, formada em publicidade e propaganda e trabalha na área de vendas há mais de 25 anos, além disso cria lindas obras da arte musiva, mais conhecida como a arte do mosaico.

Ela conheceu a Picassiette, nome dado a técnica de mosaicar com louças, há pouco mais de cinco anos, por intermédio de uma amiga e sua grande afinidade com essa arte a fez migrar de estudante a especialista. Hoje, uma das mais importantes do país.

A identificação com a arte de juntar cacos foi a sua saída da depressão, e o hobby que virou paixão hoje é conhecido em várias partes do Brasil e até do exterior, porque Andréa começou a ensinar o que aprendeu nos cursos que fez e já ministrou várias aulas em cidades como Búzios (RJ), Maringá (RJ), Porto Alegre (RS), Curitiba (SC), São Paulo (SP) e em Buenos Aires (Argentina).

Ela ama quebrar e reconstruir, juntar os cacos, quebrar novamente, colar, dar cara nova a peças antigas e fazer novas peças; O mosaico já faz parte de sua vida, e seu contato com o Picassiette é diário, virou mais que um ritual pessoal como forma de agradecimento por tudo que conquistou e já superou na vida.

Sua predileção por formas como paisagens, flores, corujas, galos e retratos são visivelmente encontradas em seu ateliê (antiga garagem) e na sua residência, que mais parece um templo de devoção a cores e formatos que encantam a todos que por ali já passaram.

O resultado na obra que mais lhe fascina é o efeito 3D e o volume que a louça quebrada e outros cacos fazem quando um trabalho é finalizado.

Picassiette é a beleza em fragmentos, e essa beleza rende a artista muita alegria, sorrisos e amizades para toda a vida.